nunojob:~ dscape/08$ echo The Black Sheep

Posts tagged ‘nunojob’

dreamhost insanity day

The deal was – well – insanely good.

Unlimited storage and traffic, 1 domain name (plus all the extras) for two years. If you inserted 202 as promo code you would get a final price of 11USD.

I was lucky enough to get an update from Pedro while dreamhost was working and got a great deal. Even got a new domain name I was looking for: dscape.org! Yay! I had to use Google Checkout to buy as the website was not very stable and I didn’t want to risk it with a credit card transfer.

As one would expect *not* dreamhost.com was down for most of the day after the news started spreading on twitter. Dreamhost guys called that sluggish!? A hosting company website down by self DoS attack? As Alanis Morrissette would say “isn’t that ironic?”

The only thing visible thing that dreamhost did to change this was change the price to 22USD. Whoever decided that is clearly not the brightest crayon in the box. A hosting company is about having a stable service. You never charge different prices for the same service in the same day. If you want to do an insane promo, be prepared. Is it that hard to come up with a way to get the same (or more) customers without having your website on his knees and old customers leaving your service??

Final Considerations: How many cancelled their subscriptions paying 10USD a month for this deal? How much of a money loss will that represent for dreamhost? Is this a clear sign of a urgent need for income? Is it just insanity? How much money did Google made on this (1USD per transfer)? How many new domains were registered today?

E então é natal e ano novo também (Sarajevo, Mururoa, Hiroshima)

Antes de mais peço desculpa pelo titulo ser inspirado pela óptima canção da Ana Malhoa que nos lembra do espírito natalício, do ano novo (também), e alguns dos maiores massacres de sempre pelo meio. Este post é mais vocacionado para família e amigos se bem que sempre se podem rir um bocado a custa das desgraças de um português perdido pelas terras do Tio Sam (ou da imagem).

Na foto sou eu e a minha mais recente decoração de natal. Como achei muito complicado a cena das árvores e coisas assim comprei uma rena de peluche que já da um ar festivo – se bem que meio apaneleirado, but that’s ok – aqui ao barraco. A razão pela qual não tenho escrito muito no blog deve-se a maioria da informação que escrevo estar no twitter. Caso se perguntem a vida por NY é excelente. Primeiro ganho tanto numa semana como ganharia em Portugal em um mês. Segundo as coisas são, regra geral, mais baratas. Existem excepções tais como a renda, transportes, restaurantes e lazer. Num mês – fora a renda que equivale mais ou menos ao salário de uma semana – gasta-se mais ou menos o mesmo que gastaria em Portugal. Em termos de coisas a fazer New York is awesome.

Neste mês já fui comer ao indiano, chinês, barbeque, brasileiro, japonês (sushi), american dinner, etc. E quando falo de indiano ou chinês não é o que estão habituados. Já alguma vez tiveram num restaurante chinês em que os únicos ocidentais estavam na vossa mesa? Coisas para fazer há imensas e tento nunca repetir um item. Já fui ao topo do rockefeller e do Empire State, ice-skating, ver peças de dança contemporanea, visitar museus onde estavam alguns dos meus quadros favoritos, etc. Sim é sempre etc porque torna-se impossível de me lembrar de tudo que se faz por aqui. Em termos de mentalidades a americana é totalmente diferente da Portuguesa. Não vou dizer melhor nem pior, mas muito diferente. Isto dava para um post em si mesmo, com muita fruta. :P

Resta-me dizer que espero que a minha mãe esteja satisfeita (olá mãe) com o meu esforço e que se algum de vocês passar por aqui mandem um email e a gente combina qualquer coisa.

CouchDB & Um Novo Semestre!

Bem todos os semestres faço um plano de acção do que vou fazer para além de o que é espectável de mim – ir as aulas, fazer os trabalhos, passar nos exames e ler pelo menos um livro de informática – de escolha livre – por mês.

Acredito na valorização pessoal e gosto muito de aprender coisas novas. E acredito que não existe melhor forma de o fazer que com projectos práticos!

Algumas das novidades do último semestre foram ter entrado no centro de apoio ao open-source do departamento de informática, ser eleito IBM DB2 Student Ambassador e ter entrado na melhor rede de bloggers de informática de portugal – prt.sc. Como projecto pessoal escolhi aprender – por sugestão do Ulisses CostaRuby & Ruby on Rails.

Dito isto resta uma dúvida: O que aprender este semestre?

Tenho que confessar que ando nas nuvens por terem aceite a minha colaboração no projecto CouchDB do rubyforge.

Como devem saber CouchDB é uma base de dados criada pelo Damien Katz (que trabalha agora na IBM), não relacional, desenvolvida em erlang que tem como objectivo guardar documentos e é RESTful. Os conceitos são excelentes e a forma de abordar o fault-tolerance e problemas de carga são daqueles conceitos que nos deixam a babar mortinhos por experimentar o brinquedo novo. Mas não se fica por aqui. Aconselho a lerem a wiki para terem uma noção do que é – e o que não é – o CouchDB. Só não gosto muito do facto de estar tão ligado a javascript e JSON – o primeiro porque nunca gostei muito de javascript e o segundo porque preferia yaml. Mas vá antes JSON que XML!

Outros tópicos que andam por aqui a passear – sendo que aqui é a minha cabeça – é a vontade de aprender um mínimo de Erlang e continuar o estudo de DB2 para tirar a certificação. Espero que quando acabar este semestre possa olhar para trás e sentir a mesma satisfação que sinto pelo semestre que já passou.