nunojob:~ dscape/08$ echo The Black Sheep

Microsoft Student Partner

Tenho que confessar que não contava escrever um artigo sobre a Microsoft no próximo século. Suponho que quem lê esta página acha que eu devo ser um fundamentalista- semi-taliban-anti-microsoft. É mentira. Programo em C# usando .NET e VSTO já à um ano e inclusivamente já o fiz profissionalmente para a MobiComp. No meu dia a dia uso Windows XP (copia original que me foi fornecida pela Microsoft por ser estudante de engenheira informática). O meu primeiro computador já corria DOS e depois tive um com o fantástico Windows 3.1 (mas já na altura eu preferia a consola :P).

Podem até dizer que ando amuado por causa do triste episódio que aconteceu quando me convidaram para ser MSP. É mentira e está provado já que até optei por não publicar o acontecido para não embaraçar ninguém.

Então vejam lá que na TakeOff o Vítor Santos da Microsoft fez algumas afirmações polémicas. Como tal tentou remediar pedidindo ao Alcides que cortasse o podcast de forma a omitir essas declarações., tendo este acedido ao pedido. O pessoal não gostou nada e contestou, mas não sei dizer se tiveram razão já que não tenho noção se as gravações estavam ou não prometidas antes da conferencia.

Passado uns meses eis que surge um novo Alcides MSP. Até aqui tudo normal já que a qualidade do Alcides enquanto estudante é muito acima da média considerando os estudantes que a Microsoft escolheu para MSP no ano transacto. E acreditem que nem querem saber qual é a média…

Depois eis que surge um post muito elaborado e igualmente contraditório no blog do Alcides sobre a validade (ou falta dela) do desenvolvimento em Open-Source. As afirmações dele pareceram-me ingénuas e infundadas, mas recusei-me a comentar até porque não me considero uma autoridade no assunto. Longe disso.

Agora vejo esta resposta a dar cabo do artigo dele. Cai-me o queixo ao chão. Os contornos da situação e da realidade da Microsoft Portugal mais parece um argumento de um filme Hollywoodesco. A empresa de Software que não produz software parece andar “por cá” apenas para fazer marketing e gerir os interesses da marca.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: