nunojob:~ dscape/08$ echo The Black Sheep

Como começar um email?

Estou a pensar em criar uma nova palavra para o dicionário Português. Estou farto de dizer bom dia e ter sempre alguém a avisar-me que já passa um minuto do meio dia.

Vamos lá criar uma palavra que resuma o “Bom dia”, o “Boa tarde” e o “Boa noite”, mas tudo num só. E quando escrevemos um email? Dizemos o que?

Por fim deixo-vos o Tufão Manuel Job Pinto, gato que inclusivamente já mereceu uma ode e tem um desenho animado em sua honra.

Tufão

Com a característica madeixa no cabelo, Tufão é ao mesmo tempo um herói e um testemunho da sua geração…

About these ads

Comments on: "Como começar um email?" (2)

  1. Pois é, cá estou eu de novo numa aula fantástica em que não se faz nada… ok… dá-se uma vista d’olhos pelos blogs alheios. Mas pah, por acaso já pediste autorização ao Tufão Manuel para publicar fotos!????? Fogo, acho mal e vou dizer-lhe. Da próxima vez que fores lá a casa tenho uma leve impressão que alguem te vai fazer um chichizinho gostoso na sapatilhinha Nike (e andam as desgraçadas das criancinhas do Azerbeijão a cozer (coser??) sapatilhas à borla pra isto…
    Outra coisa, tenho que comprar uma pen. Vai pensando sobre o meu caso sim. Eu sei que aí em Braga de vez em quando existem umas promoções fantásticas (qual terra das oportunidades. Tinham-me ensinado já na faculdade que os States é que estavam associados a esse tipo de cenas mas afinal ensinou-me a vida que o American Dream é um engano. Braga Dream rula
    984 hits pah, metes nojo!

  2. Boa noite (ou deveria começar eu por “bom dia”, porque penso que a esta hora ninguém irá ler o comentário), e já agora: o “boa noite”, “boa tarde” ou “bom dia” é na perspectiva de quem escreve ou de quem lê?
    É que esse é dos problemas que a tecnologia nunca deu atenção. Desejar uma “boa noite” para quem acorda e abre o seu e-mail ou vai ler o blog não faz muito sentido. Ser minuscioso é ser chato, específico demais. Bom período, poderia ser solução, não fosse a ambigüidade que poderia causar. Mais fácil ainda é o “Boas”, simplesmente. “Boas, eu…”. Boas é simples, não magoa e não incomoda, nem passa um minuto de nada. Tá aí, seria essa uma saída? Pouco formal, parece-me, mas sim senhor, na falta de melhor opção…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: